Gilson Machado, pré-candidato do PL a prefeitura do Recife

Pré-candidato à prefeitura diz que evento com Bolsonaro no Recife, marcado para o próximo dia 10, vai mudar a percepção dos eleitores sobre a eleição

O pré-candidato a prefeito do Recife, Gilson Machado (PL), terá uma mulher como vice nas eleições de outubro. O nome da postulante, porém, será definido junto a Jair Bolsonaro (PL) e à ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro em reuniões realizadas nos próximos dias, antes da vinda do ex-presidente a Pernambuco.

A chapa tem na mesa três nomes para o cargo, ainda mantidos em sigilo. Sabe-se que são mulheres cristãs, conservadoras e ligadas a comunidades recifenses. A escolhida será revelada na convenção partidária do PL, marcada para o dia 4 de agosto, no Clube dos Oficiais, no Recife.

"A vice não será poste de Gilson Machado", disse o pré-candidato, repetindo o termo que usou para se referir ao pré-candidato a vice de João Campos (PSB), Victor Marques (PCdoB), anunciado na última segunda-feira (22) pela chapa socialista.

"Será que vamos pagar esse preço novamente? Um novo Paulo Câmara, um novo Geraldo Júlio? O candidato [João Campos] vai governar por 15 meses e deixar um comunista no lugar dele?", disparou o ex-ministro, sobre uma possível saída de João em 2026 para disputar o governo do estado.

Gilson afirmou que grande parte do eleitorado ainda não sabe que ele é pré-candidato à prefeitura do Recife, mas que essa situação deve mudar com a vinda de Bolsonaro ao estado, no próximo dia 7.

"A eleição começou antes de ontem [segunda-feira] quando ele [João Campos] anunciou o vice, mas pegará gás depois da vinda de Bolsonaro ao Recife. As pessoas não sabem que eu sou pré-candidato. Até quem votou em mim não sabe, mas com a vinda de Bolsonaro isso ficará cristalino", cravou.

Agenda de Bolsonaro em Pernambuco

A agenda de Bolsonaro em Pernambuco começa no dia 7 de agosto, uma quarta-feira, dias após a convenção de Gilson Machado. Ele começará o giro em solo pernambucano em Petrolina, onde participará de ato ao lado de Lara Cavalcanti (PL), pré-candidata à prefeitura da cidade.

 
Chama no Zap!

Receba notícias na palma da sua mão. Entre agora mesmo no nosso canal exclusivo do WhatsApp

ENTRAR NO CANAL DO WHATSAPP

A viagem pelo Sertão seguirá em Santa Maria do Cambucá, Salgueiro, Serra Talhada e Arcoverde, onde o ex-presidente percorrerá feiras livres e as ruas dos municípios para conversar com a população. 

Já em Garanhuns, no Agreste, Bolsonaro terá encontro com o Gersinho, pré-candidato a prefeito. Na quinta-feira (9) ele participará, em Caruaru, de encontro com apoiadores na Arena Caruaru (o antigo Palladium), às 17h, onde fará comício em apoio ao deputado federal Fernando Rodolfo, pré-candidato à prefeitura da cidade.

Bolsonaro dorme em Gravatá na quinta-feira e, na manhã da sexta, segue para a Zona da Mata Norte, onde está sendo viabilizada uma agenda ao lado de Graça Carrazzoni, considerada a prefeita mais velha do país. Ela tem 85 anos e é apoiadora do ex-presidente.

A comitiva também deve passar por Goiana até chegar no Recife, na noite da sexta, onde Bolsonaro terá jantar com empresários da cidade.

No sábado pela manhã, o último dia de Bolsonaro em Pernambuco, uma motociata será realizada na Padaria Boa Viagem, na orla de Boa Viagem, tradicional ponto de encontro bolsonarista. De lá, eles seguirão até o Clube Português, onde haverá um grande ato de apoio a Gilson Machado e outros candidatos a prefeitos da Região Metropolitana, como Mano Medeiros, de Jaboatão, e Izabel Urquiza, de Olinda.

leia mais em,https://jc.ne10.uol.com.br/politica/2024/07/24/gilson-machado-tera-vice-mulher-e-aposta-na-vinda-de-bolsonaro-para-impulsionar-chapa.html