Devido à falhas técnicas, Linha centro do metrô amanheceu fechada

Cidades como Camaragibe e Jaboatão estão desassistidas, em virtude da paralisação do metrô

Leia também

• Duas jiboias são resgatadas na BR-104, em Caruaru, momentos antes de atravessar rodovia

• Época de festas juninas chama atenção para problemas respiratórios

paralisação da Linha Centro do Metrô do Recife gerou transtornos aos passageiros que precisam utilizar o modal para irem aos municípios de Camaragibe e Jaboatão dos Guararapes, ambos na Região Metropolitana do Recife.

O fato se deu por volta das 5h20, desta segunda-feira (10), quando o Consórcio de Transporte Metropolitano (CTM) foi informado pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) sobre um problema elétrico no ramal, o que impossibilitou o início da operação.

Linha Sul, que atende ao bairro de Cajueiro Seco, está funcionando normalmente. Segundo a CBTU, a paralisação da Linha Centro do metrô aconteceu entre as estações Coqueiral e Werneck.

A manutenção já está sendo realizada, mas quem precisa se deslocar para algum ponto da RMR, como a técnica de enfermagem Isabel Cristina, de 50 anos. Ela vai precisar demorar um pouco mais para chegar ao destino.

Isabel trabalha no Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip), nos Coelhos, centro do Recife, e mora em Camaragibe. Ele se frustrou ao chegar na Estação Central do Recife, centro da capital, e ver o aviso sobre a paralisação.

 

Linhas emergenciais
O Consórcio de Transporte Metropolitano (CTM) ativou três linhas emergenciais para atender à demanda e reduzir os impactos pela paralisação da Linha Sul do Metrô do Recife. São elas:
- 2481 TI Camaragibe/ TI TIP
- 238 TI Jaboatão/ TI Barro
- 858 TI Joana/ TI Afogados/ TI Barro.

 

Paralisação dos rodoviários
Em paralelo à paralisação da Linha Centro do Metrô do Recife, o Sindicato dos Rodoviários finalizava um bloqueio nas Garagens das Empresas Caxangá e Metropolitana, sendo desbloqueadas por volta de 5h30.

Devido a isso, houve atraso nas linhas que operam no TI Barro, Jaboatão, Tancredo Neves, Joana Bezerra, Recife, Aeroporto, Afogados, Santa Luzia, Getúlio Vargas, Macaxeira, Cavaleiro, Caxangá, Terminais do SEI, além de linhas do Sistema Complementar.

"As garagens foram liberadas às 5h. Foi por conta de uma assembleia que estamos fazendo nas garagens. Estamos apontando os planos de pauta e reivindicações da categoria para alinhar com todos os profissionais. Já fizemos em grande parte das garagens e, nos próximos dias, vamos para as outras", explicou o secretário geral do Sindicato dos Rodoviários, Josival Costa.

leia isso em,https://www.folhape.com.br/noticias/paralisacao-metro/341387/